Alijó Carrazeda de Ansiães Desporto

Tua Walking Festival com inscrições esgotadas já para setembro

O Festival de Percursos Pedestres, promovido pelo Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) e organizado pela PortugalNTN em parceria com os municípios do Vale do Tua, está a superar todas as expectativas, com uma adesão surpreendente.

Mirandela é o próximo município do Vale do Tua a receber o Tua Walking Festival, no fim-de-semana de 23 e 24 de setembro e a quatro meses de distância as inscrições já estão esgotadas.

Para o encerramento do Tua Walking Festival, que acontece nos dias 7 e 8 de outubro no município de Alijó, as inscrições estão muito perto de encerrar, igualmente devido à enorme procura.

Recordamos que este Festival de Percursos Pedestres foi lançado este ano pela primeira vez.

Tendo como ponto de partida os Percursos Pedestres, o PNRVT quis dar visibilidade à paisagem, património, cultura e tradição e aos produtos identitários do território.

São cinco fins-de-semana de atividades, que estão a acontecer nos concelhos que integram o Vale do Tua: Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor.

“Tendo como ponto de partida a realização de uma caminhada, num dos percursos pedestres homologados, é a forma de promover o turismo sustentável, juntando a paisagem à atividade desportiva, ao património e cultura, à gastronomia e aos vinhos, a toda a economia local”, refere o diretor do PNRVT, Artur Cascarejo, sem esconder a enorme satisfação pelo impacto do evento. “Era o impacto desejado, sempre dissemos que pretendíamos trazer as pessoas e motivá-las a passar cá o fim-de-semana e é o que se verifica”, acrescenta.

A empresa de animação turística PortugalNTN, em parceria com cada um dos municípios, assumiu a responsabilidade de organização dos programas e controla as inscrições. Em cada iniciativa são admitidas 150 pessoas. “Esgotaram e ficaram pessoas de fora desde o primeiro fim-de-semana, que aconteceu em Vila Flor, três semanas antes as inscrições estavam fechadas. A procura foi aumentando e agora vemos que a uma distância de quatro meses já não podemos aceitar mais participantes, esgotaram as inscrições”, refere Domingos Pires, responsável daquela empresa. “O que verificamos é que 60% dos participantes vêm de fora do território e participam nos dois dias de atividades, o que significa que ficam por cá”, refere.

O resultado era exatamente o que o PNRVT ansiava: “Criamos as infraestruturas, estruturamos o produto, temos todas a condições para o promover. Com este Festival, que propõe sempre um fim-de-semana de atividades, queremos habituar as pessoas a vir e ficar no Tua, pelo menos dois dias”, acrescenta.

O Festival está a acontecer em fins-de-semana da dita “época baixa” pelo que também se apresenta como uma alternativa de animação do território e de combate à sazonalidade da procura turística.

A criação de uma rede de Percursos Pedestres foi o primeiro grande projeto de Turismo de Natureza lançado pelo PNRVT. Atualmente existem, espalhados pelos cinco concelhos, 12 Pequenas Rotas criadas pelo PNRVT, todas elas homologadas, e com manutenção permanente, o que dá segurança e confiança aos caminhantes.

Domingos Pires, responsável pela PortugalNTN, refere que “os princípios subjacentes à implementação de cada um dos Percursos Pedestres, que agregam diversos elementos da identidade local e envolvem as comunidades, também estão presentes neste Festival”, isto é, em cada concelho a empresa procurou envolver atividades que acrescentem valor, que sejam geradoras de receitas locais.

Este ano o Tua Walking Festival começou em Vila Flor, nos dias 11 e 12 de março. No dia 11 realizou-se um Seminário sobre a importância do pedestrianismo no ordenamento e promoção dos territórios. No dia 12 aconteceu a caminhada, em Vilarinho das Azenhas, e também a inauguração do Centro de Interpretação Tua Natureza.

No fim de semana de 29 e 30 de abril, o Festival realizou-se no município de Murça. Neste concelho o primeiro dia de atividades esteve ligado à promoção dos produtos locais com maior identidade, azeite, vinho e doces conventuais. No dia 30 teve lugar a caminhada, numa Pequena Rota homologada, que privilegia o contacto com as comunidades locais.

Continuou nos dias 20 e 21 de maio em Carrazeda de Ansiães, onde aconteceram diversas atividades ligadas à promoção da maçã, do vinho e do azeite e outros produtos locais, para dar a “provar” o melhor do concelho.

Já depois do verão, nos dias 23 e 24 de setembro o Festival segue em Mirandela, já com inscrições esgotadas. No sábado, perspetiva-se uma visita guiada ao “Céu”, numa iniciativa de astroturismo, no domingo a caminhada integra a Feira de Produtos Locais, em Abreiro, onde o município e as aldeias se podem “mostrar”, agregando os produtos locais aos Percursos Pedestres.

Por fim, o encerramento do Festival acontece nos dias 7 e 8 de outubro no município de Alijó, que quer envolver os visitantes em Workshops diversos, desde o saber fazer da aldeia, ao teatro e cantares e também visitas guiadas a alguns locais de interesse.

Últimas Notícias

Mercado Local de Produtos da Terra arranca no próximo mês de maio

16/04/2024

UTAD regista aumento de 75% nos alunos internacionais candidatos ao próximo ano letivo

16/04/2024

Câmara de Lamego beneficia relvado do Estádio dos Remédios

15/04/2024

Festas em honra de S. Torcato em Cabaços

12/04/2024

Festival de Poesia e Música de Foz Côa celebra 40 anos e comemora os 50 anos de 25 de abril

12/04/2024

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola regressa pelo 11ª ano consecutivo

12/04/2024

Autarquia reguense organiza caminhada noturna da liberdade

11/04/2024

Quinta do Pessegueiro volta a abrir portas para visitas ao público com novidades nos roteiros e provas

11/04/2024