Educação Lamego

ESTGL com novidades em “momento de enorme estabilidade”

A atravessar um momento de crescimento no número de alunos, a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego tem novidades a serem apresentadas em breve como revela o diretor, Miguel Mota, em conversa com o jornal VivaDouro.

Qual é o estado atual da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (ESTGL)?

Atualmente, a ESTGL encontra-se num momento de enorme vitalidade, onde estamos concentrados na consolidação dos cursos e na preparação para os desafios que se aproximam nos próximos anos.

Estamos a viver um período marcado por um crescimento significativo, tanto em termos de reconhecimento académico quer a nível da procura pelos nossos cursos e serviços.

Além disso, é importante destacar que estamos presentes de forma ativa e relevante na região, contribuindo não apenas para o desenvolvimento educacional/investigação, mas também para o progresso socioeconómico local.

Quais são os principais desafios que a ESTGL enfrenta atualmente?

Um dos principais desafios que enfrentamos atualmente é a discrepância entre o crescimento da instituição e a capacidade das nossas instalações. O aumento do número de alunos, cursos e projetos de investigação, alguns dos quais transfronteiriços, que estão a pressionar os nossos recursos tanto físicos como tecnológicos, exigindo uma abordagem estratégica para garantir que possamos satisfazer as necessidades de forma eficiente e eficaz.

Para colmatar essa lacuna, está a ser construída uma residência universitária pelo município, em parceria com a ESTGL-IPV, para oferecer alojamento aos estudantes, visando atender as suas necessidades e facilitar o acesso à educação.

Além disso, está a ser elaborada uma candidatura para transformar e modernizar todo o segundo andar do Mercado Municipal, com o objetivo de criar um segundo polo da ESTGL.

Estas iniciativas são essenciais ao desafio enfrentado pela ESTGL em relação à capacidade das nossas instalações, permitindo-nos melhorar significativamente a infraestrutura disponível para a comunidade académica e potenciais parceiros de pesquisa e investigação.

Para 2024-2025 há mais novidades?

Sim, além das iniciativas que normalmente costumamos realizar, posso salientar a aprovação por parte da Direção Geral do Ensino Superior de um novo Curso CTeSP na área da Computação Cloud, que terá uma parceria com a empresa PricewaterhouseCoopers (PwC), reforçando assim a aposta nas novas tecnologias e indo ao encontro das necessidades reais do mercado.

Outra novidade é a parceria, ainda este ano letivo com a 1ª Conferência Internacional de Turismo, Vinho, Gastronomia e Inovação a realizar em Lamego, com o objetivo de interligar o conhecimento científico à investigação e às empresas, destacando o que de melhor se faz na região, nomeadamente no que ao Enoturismo diz respeito.

Qual é a estratégia da ESTGL para garantir um crescimento sustentável?

A nossa estratégia para garantir um crescimento sustentável envolve uma série de medidas. A principal é o aproveitamento dos fundos comunitários, em parceria com empresas e instituições, como é o exemplo da construção da residência e do novo polo da ESTGL.

Este aproveitamento é crucial, pois é através deste caminho que a ESTGL poderá distinguir-se, garantindo um crescimento sólido e consistente.

Como exemplos temos a candidatura já submetida - Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, o Projeto Interreg Agro_Hub que iniciou este ano, em parceria com a Asociación Ibérica de Municipios Ribereños del Duero, CIM Douro, CIM das Terras de Trás-os-Montes, Universidade de Valladolid, Junta Castilla y León, Câmara do Comércio Zamora. A terminar temos um Projeto Social e Internacional - Lammatis, em parceria com outras 5 escolas europeias e instituições sociais.

Além disso, neste momento estão a ser preparadas candidaturas no âmbito tecnológico, de gestão, turismo e ação social.

Estamos plenamente conscientes da necessidade de um crescimento sustentável, por isso estamos empenhados em realizar investimentos seguros que assegurem o contínuo desenvolvimento da instituição sem comprometer as suas finanças.

Últimas Notícias

Bienal de Fotografia de Lamego e Vale do Varosa arranca a 20 de julho

18/07/2024

Comitiva de Sabrosa visitou Cadaujac no âmbito das comemorações do Dia Nacional de França

18/07/2024

Agosto é sinónimo de Côa Summer Fest

18/07/2024

Duas carrinhas elétricas ao serviço da Saúde entregues pela Câmara Municipal

18/07/2024

EXPOVILA gera mais de um milhão de receitas diretas ao concelho

11/07/2024

Novo Parque da Ferradosa vai ser inaugurado este domingo

28/06/2024

Fibra ótica vai chegar a mais de 1250 famílias em Moimenta da Beira

14/06/2024

Museu de Lamego apresenta exposição Boas Raparigas nos 50 Anos do 25 de Abril

14/06/2024