Destaque Política

Autarcas durienses acreditam que demissão de ministro não para a Linha do Douro

Autarcas durienses, contactados pelo VivaDouro, acreditam que a demissão de Pedro Nuno Santos não irá implicar o andamento do projeto da Linha do Douro que tem apresentação marcada para o primeiro trimestre de 2023.

José Manuel Gonçalves, autarca reguense, sublinhou a relação “muito positiva” que o agora ex-governante teve com a região, e que resultou no compromisso de reabertura da Linha do Douro.

“Quando um ministro com esta visão sai não podemos deixar de ficar preocupados, contudo, acredito que a visão estratégica será para manter até porque a sua importância já foi provada por diversos estudos, tal como a sua viabilidade”.

Para Nuno Ferreira, autarca de Freixo de Espada à Cinta, a saída do Ministro das Infraestruturas, “é surpreendente e uma perda para o país”, justificando que “foi um verdadeiro ministro da república porque sempre teve um sentido de Estado como poucos têm e há muito não se via”.

O autarca freixenista acredita, no entanto, que o projeto da Linha do Douro não será afetado por esta demissão, e que “o compromisso assumido em Freixo de Espada á Cinta será honrado e no primeiro trimestre de 2023 será lançado o concurso do projeto para a linha”.

Nuno Ferreira quis ainda deixar uma mensagem de apreço a Pedro Nuno Santos “pela capacidade de trabalho que sempre demonstrou ao longo dos anos que esteve no Governo”.

Carlos Silva, presidente da CIM Douro, partilha da mesma opinião, sublinhando o trabalho desenvolvido por Pedro Nuno Santos que, acredita, seja partilhado pelos restantes membros do Governo.

“O ministro Pedro Nuno Santos era um aliado no processo da Linha do Douro, o seu sucessor levará em conta aquilo que são as linhas orientadoras do Governo e os compromissos que há com a região. Acredito que tudo continuará dentro dos timings previstos.

As negociações com o Governo estão fechadas, não temos que estar preocupados com o novo ministro, temos que estar atentos e continuar a acreditar que em março será aberto o concurso público para a execução do projeto de requalificação”.

Últimas Notícias

Festas em honra de S. Torcato em Cabaços

12/04/2024

Festival de Poesia e Música de Foz Côa celebra 40 anos e comemora os 50 anos de 25 de abril

12/04/2024

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola regressa pelo 11ª ano consecutivo

12/04/2024

Autarquia reguense organiza caminhada noturna da liberdade

11/04/2024

Quinta do Pessegueiro volta a abrir portas para visitas ao público com novidades nos roteiros e provas

11/04/2024

Sabrosa recebeu sessão de esclarecimento dirigida aos Viticultores

9/04/2024

ACANIV encerra comemorações do 95º Aniversário do 140 Lamego

9/04/2024

Escola de Hotelaria e Turismo do Douro - Lamego abre as portas a toda a comunidade para a Open Week 2024

9/04/2024